TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE BLUSH

2

Esses dias recebi por e-mail uma sugestão de pauta super legal – daquelas que realmente acrescentam, e não só visam promover a marca, sabe? Ela veio da assessoria da theBalm, acompanhada de um infográfico bem completo e uma entrevista super interessante com a embaixadora da theBalm no Brasil, a maquiadora Fernanda Leite – ambos explicando tudo que a gente precisa saber sobre blush! Olha só:

parte 1

Começando pelos tipos de blush existentes no mercado, as versões em pó, cremoso e gel/ líquido são as mais populares. Na ilustração, claro, temos três exemplos de produtos da theBalm, mas a maioria das marcas de cosméticos possuem suas próprias versões de blush para cada uma das texturas citadas.

O blush em gel, ou líquido, é ideal para quem gosta de praticidade. Além de geralmente poder ser aplicado nos lábios, a aplicação pode ser feita com os dedos e o acabamento costuma ser super natural. O blush em creme também segue a mesma ideia, podendo ainda ser aplicado com uma esponja. Já o blush em pó compacto, que é o nosso velho conhecido, costuma apresentar um melhor acabamento quando aplicado com pincel de cerdas naturais – e uma das suas grandes vantagens é a interminável variedade de tons disponíveis por aí!

parte 2

A forma como aplicamos o blush também diz muito sobre o resultado final da maquiagem. Para cada objetivo, existe uma maneira e um tom mais adequado para aplicar o produto: para afinar o rosto, por exemplo, o ideal é utilizar um blush taupe (falo mais sobre isso nesse post), enquanto um tom mais rosado é perfeito para dar aquela cara de saúde. O efeito bronzeado fica por conta dos bronzers, ou pó bronzeadores, preferencialmente sem brilho.  Regras à parte, Fernanda ressalta que “não existe uma regra dura, basta ter bom senso. A cor certa é a que faz feliz”.

parte 3

Quanto ao formato do rosto, um truque que funciona para quase todas as mulheres é passar o blush com dois dedos de distância do nariz, em um ângulo que aponta para a parte superior da orelha. Outra situação bem simples é para quem tem o rosto oval: é só aplicar no alto das maçãs e puxar suavemente com o pincel em direção às têmporas e pronto! Para rostos com linhas diferenciadas, Fernanda revela alguns truques. No formato redondo, se a ideia é afinar, o ideal é usar um bush fino na diagonal e abaixo das maçãs. Para quem tem o rosto longo ou quadrado, o indicado é passar de forma arredondada, esfumando sutilmente para a lateral apenas nas que tem o rosto mais alongado ou triangular. Esta aplicação também pode ser usada para dar a sensação de saúde.

Por fim, uma dica da make-up artist para levar pra vida: “Aplique em camadas finas até chegar à cor desejada. A sutileza é amiga íntima do blush: é mais fácil acertar quando usado com moderação”

Gostaram, gurias? Me contem o que acharam desse tipo de post mais informativo.

Beijos,

Flávia

Comentários2 Comentários

Deixe uma resposta